Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Ministério discute o seu Planejamento Estratégico para os anos 2018-2022

  • Publicado: Quinta, 26 de Outubro de 2017, 17h16
  • Última atualização em Sexta, 27 de Outubro de 2017, 18h45
  • Acessos: 272

Desde julho passado, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) deu início à elaboração de seu Planejamento Estratégico para os anos 2018-2022. O desafio da iniciativa é, com base na crise atual, estabelecer com clareza os objetivos que irão direcionar a atuação do MCTIC a partir do ano que vem até o bicentenário da Independência do Brasil, bem como avaliar estratégias e potencializar resultados.

O processo está sob a responsabilidade da Coordenação Geral de Planejamento Estratégico e Setorial – ligada à Secretaria Executiva do MCTIC –, realizado em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública.

O planejamento estratégico se propõe a identificar, pactuar e disseminar elementos que devem nortear a atuação do MCTIC, como missão, visão, valores, objetivos e metas. A metodologia escolhida foi a Balanced Scorecard (BSC) – ou, por vezes, ‘Quadro de Mando Integral’ –, a qual tem como proposta a tradução da estratégia da organização por meio de mapas, buscando facilitar a disseminação dos objetivos estratégicos em uma perspectiva integrada que possa envolver toda a estrutura administrativa.

O trabalho se apoia em duas premissas (foco em resultados e ampla participação) e tem como base compromissos já assumidos pelo MCTIC, como aqueles presentes na ‘Lei do Plano Plurianual’ (PPA), na ‘Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação’ (ENCTI 2016/2022) e nos ‘Objetivos de Desenvolvimento Sustentável’ (ODS) – estes últimos ligados à ‘Agenda ONU’ (Organização das Nações Unidos) para 2030.

 

Missão, visão e valores

O Planejamento Estratégico está sendo feito por um grupo executivo determinado por portaria do MCTIC e composto por diretores/presidentes ou servidores em função gerencial de todas as empresas, agências, unidades de pesquisa, bem como equipe do próprio ministério denominada de Rede-MCTIC.

 

Grupo Executivo do MCTIC para a elaboração do Planejamento Estratégico para 2018-2022

(Crédito: MCTIC)

 

Algumas das atividades desse planejamento: i) treinamento do grupo executivo em gestão estratégica; ii) oficinas para definição da missão, visão e valores do MCTIC; iii) elaboração do ‘Mapa Estratégico’ do MCTIC; iv) painel de indicadores e metas, que deve ser realizado mês que vem.

Todo o processo deve ser terminado até o final deste ano. Pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, participaram este signatário e Ronald Shellard, diretor desse instituto de pesquisa.

Até o momento já foram validadas as etapas relativas ao item (ii) acima, a saber: i) missão do MCTIC – garantir e promover o avanço da ciência, tecnologia, inovação e comunicações, visando ao desenvolvimento sustentável e à melhoria da qualidade de vida da sociedade brasileira; ii) visão de futuro – ser protagonista do desenvolvimento do país, pela promoção da ciência, tecnologia, inovações e comunicações; iii) valores do MCTIC – ética; transparência; valorização das pessoas; excelência; responsabilidade socioambiental; foco em resultados; cooperação; respeito à diversidade e à pluralidade intelectual; criatividade.

Já o ‘Mapa Estratégico’ definiu os seguintes resultados: avanço na geração do conhecimento; popularização da ciência; estimulo à inovação e à competitividade; universalização dos serviços de comunicações; desenvolvimento tecnológico em temas estratégicos.

 

CT&I na agenda

As discussões têm ocorrido em clima bastante propositivo, com uma convergência de ideias e propostas dos participantes. Apesar das diferenças entre as duas pastas – de um lado, ciência, tecnologia e inovações; de outro, comunicações –, o grupo executivo tem feito um trabalho importante para garantir que todas as áreas sejam definidas de forma estratégica.

De nossa parte, esperamos que o trabalho possa assegurar que as atividades de ciência, tecnologia e inovações estejam na agenda do país para os próximos anos e que as ações se concretizem com o fortalecimento das unidades de pesquisa do MCTIC.

Para os interessados, o andamento das atividades relacionadas ao Planejamento Estratégico pode ser acompanhado pelo endereço: http://planejamentoestrategico.mctic.gov.br/

 

Márcio Portes de Albuquerque

Tecnologista sênior,

Vice-diretor do CBPF

registrado em:
Fim do conteúdo da página