Lançada chamada pública para novos bolsistas do CBPF

Postado em: 08/12/2016

No âmbito do Programa de Capacitação Institucional (PCI), operado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), exclusivamente voltado para as unidades de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), 13 (treze) bolsas de pesquisa são oferecidas para a capacitação institucional do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro (RJ).

As bolsas serão divididas do seguinte modo: 4 (quatro) bolsas PCI-DA (mensalidades de R$ 5.200,00), destinadas a doutores em física ou área afim há pelo menos dois anos; e 9 (nove) bolsas PCI-DB (mensalidades de R$ 4.160,00), para doutores em física ou área afim sem restrição quanto ao tempo de conclusão do doutorado.

Os bolsistas deverão desenvolver projeto em alguma área de pesquisa do CBPF.

 

Inscrição e avaliação

As inscrições – abertas de 07 de dezembro a 7 de fevereiro de 2017 – são gratuitas e devem incluir cópia digitalizada de documento de identidade oficial e CPF (apenas passaporte em caso de estrangeiro); Curriculum Vitae (em português ou inglês); carta de anuência do pesquisador supervisor do CBPF; e projeto de pesquisa com até 05 (cinco) páginas, contendo introdução, descrição do problema, método e referências bibliográficas.

Os candidatos com inscrições deferidas serão avaliados por banca examinadora constituída pela Comissão PCI/CBPF, mediante apresentação pública de seus projetos de pesquisa, em português ou inglês, em formato de colóquio de 30 minutos. Caso solicitado por residentes de fora da região metropolitana do Rio de Janeiro, a apresentação poderá ser realizada por videoconferência. Senão, ocorrerá nas dependências do CBPF.

 

Implementação e vigência das bolsas

Para a implementação das bolsas, os aprovados deverão apresentar documentação complementar. Entre os documentos necessários, estão o cadastro do currículo na Plataforma Lattes do CNPq, comprovante de titulação e o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Para estrangeiros, é exigido o Visto Temporário Item I (VITEM I). Além disso, todos os selecionados deverão apresentar declaração de que não possuem vínculo empregatício.

As bolsas terão vigência de seis meses, prorrogáveis até o limite máximo de dois anos. É importante observar que, segundo a regulamentação que rege o Programa de Capacitação Institucional, o prazo máximo de permanência no programa é de 36 (trinta e seis) meses. Portanto, se o(a) candidato(a) já houver sido bolsista PCI, mesmo em outra instituição, o período de vigência total da bolsa não poderá ultrapassar esse limite.

Após a seleção realizada pelo CBPF mediante chamada pública, caberá ao CNPq e ao MCTIC a aprovação final do resultado.

O texto da chamada pública está disponível em: http://www.cbpf.br/~pci2016/   

Comissão Interna do PCI no CBPF


****************************************************
Núcleo de Comunicação Social - NCS/CBPF
E-mail: ncs_cbpf@cbpf.br