Pesquisadores Eméritos

Lista por ordem alfabética

Alberto Passos Guimarães

Especializado em magnetismo, com doutorado pela Universidade de Manchester, Inglaterra. Foi pesquisador visitante no MIT, Cambridge, EUA e no Instituto de Física de Uppsala, Suécia. É autor de mais de uma centena de artigos científicos, dos livros `Magnetism and Magnetic Resonance in Solids', John Wiley (Nova York, 1998), `From Lodestone to Supermagnets: Understanding Magnetic Phenomena', Wiley-VCH (Berlim, 2005), 'Principles of Nanomagnetism', Springer (Berlim, 2009). Dois desses livros foram traduzidos: "Magnetismo e Ressonância Magnética em Sólidos, Edusp (São Paulo, 2009) e "A pedra com Alma", Civilização Brasileira, (Rio de Janeiro, 2011). Foi agraciado com a Ordem Nacional do Mérito Científico, Grau de Comendador, em 1996 e é Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências. Tem atuação em divulgação científica, tendo sido há trinta anos um dos editores fundadores da revista Ciência Hoje da SBPC, sendo hoje Diretor Presidente do Instituto Ciência Hoje.

Mais informações...

Amos Troper

Formou-se em Engenharia Elétrica em 1967, exercendo a profissão por pouco tempo. Iniciou sua carreira científica em 1972, tendo defendido suas teses de Mestrado (PUC/RJ - 1974) e Doutorado (CBPF/CNPq - 1978) sob a orientação do Professor Affonso A. Guidão Gomes, após passar o ano acadêmico de 1975 na Universidade de Paris (Orsay). Foi diretor do CBPF por três mandatos consecutivos, a partir de 1989. Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências. Áreas de pesquisa: Estrutura eletrônica e magnetismo em metais, ligas e intermetálicos. 
Propriedades de transporte em sistemas físicos de baixa-dimensionalidade: interação elétron-fônon. 
Fenômenos cooperativos em matéria condensada: fermions pesados, supercondutividade e sistemas eletrônicos fortemente correlacionados.

Mais informações...

Constantino Tsallis

Possui graduação e mestrado em Física pelo Instituto Balseiro de Bariloche da Universidad Nacional de Cuyo (1965), Doctorat d' État ès Sciences Physiques pela Université de Paris-Orsay (1974), e pós-doutorados na Oxford University (1983), Cornell University (1983). Pesquisador Emérito do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, tem experiência na área de Física Estatística, particularmente nos fundamentos da Mecânica Estatística (entropias não aditivas, mecânica estatística não extensiva). Membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Brasileira de Ciências Econômicas, Politicas e Sociais. Doutor Honoris Causa da Universidad Nacional de Córdoba (Argentina), da Universidade Estadual de Maringá (Brasil), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Brasil) e da Universidade Aristotélica de Tessalonika (Grécia). Foi agraciado con varias distincoes, tais como o Prêmio Mexico de Ciência e Tecnologia, Aristion (”Excelencia”) da Academia de Atenas, Ordem Nacional do Mérito Científico. Editor da Physica A/Elsevier, External Professor do Santa Fe Institute e Coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Sistemas Complexos.

Mais informações...

Mário Novello

Foi nomeado em setembro de 2012 Professor Emérito do Centro Brasileiro de Pesquisas Fisicas por sua atuação como cientista e formador de cientistas durante os 40 anos que trabalhou como pesquisador no CBPF. Recebeu em 2004 o titulo de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Lyon (França) por seus estudos sobre modelos cosmológicos sem singularidade. Recebeu em 2006 um prêmio do Centro Brasileiro de Pesquisas Fisicas por ter sido o cientista que mais orientou Teses de mestrado e doutorado na história do CBPF. Elaborou em 1979 o primeiro modelo cosmológico com solução analitica que possui "bouncing" (ricochete), isto é, neste modelo o Universo possui uma fase anterior de colapso, onde o volume total do espaço diminuiu com o tempo, atingido um valor minimo e, depois, passado a se expandir. Foi nomeado em 2008 "Cesare Lattes ICRANet Professor" pelo Comitê Científico do International Center for Relativistic Astrophysics (ICRANet), presidido pelo Premio Nobel da Física (2002) Riccardo Giacconi. Em novembro de 2010 foi homenageado pela Comunidade Científica Internacional com o I Symposium Mario Novello on Boucing Models. Em agosto de 2012 foi homenageado com com o 70th Anniversary Symposium Mario Novello. Criou em 1976 o grupo de Cosmologia e Gravitação no CBPF, inaugurando em nosso país o estudo sistemátco da Cosmologia. Em 2003 criou o Instituto de Cosmologia Relatividade e Astrofisica (ICRA) que foi alocado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia sob o guarda-chuva institucional do CBPF. Possui doutorado em Fisica - Université de Génève (1972) sob a orientação do Professor J. M. Jauch. Possui mestrado em Física pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (1968) sob orientação do Professor José Leite Lopes. Escreveu, entre outros livros, "O que é Cosmologia?" pela Editora Jorge Zahar, onde identifica a função da Cosmologia como uma re-fundação da Fisica

Mais informações...