Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Equipe do Labnano/CBPF vai à Pannano 2020

Publicado: Sexta, 13 de Março de 2020, 16h43 | Última atualização em Sexta, 13 de Março de 2020, 16h48 | Acessos: 156

A convite do Núcleo de Comunicação Social, o físico experimental Rubem Luis Sommer, pesquisador titular do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro (RJ), faz balanço do encontro Pannano 2020.

 

Nove integrantes do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro (RJ), participaram da ‘II Pan American Nanotechnology Conference’ (Pannano 2020), realizada em Águas de Lindoia (SP).

Do CBPF, participaram do evento ‒ que ocorreu entre 04 e 07 de março último ‒ os pesquisadores e tecnologistas Alexandre Mello, João Paulo Sinnecker e Rubem Sommer, bem como os pós-doutorandos Horácio Coelho Júnior, Juciane Alves, Roberta Dutra e Bruno da Silva, além dos doutorandos Muhammad Pervez e Syed Raza ‒ todos ligados ao Laboratório Multiusuário de Nanociências e Nanotecnologia (Labnano/CBPF).

Do lado brasileiro, a conferência foi organizada, em conjunto, pelo CBPF, pelo Laboratório Nacional de Nanotecnologia do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais e pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, da Universidade de São Paulo, instituições coordenadoras dos Centros de Inovação em Nanotecnologia (Sibratecnano).

Pelo lado norte-americano, participaram a Universidade do Kentucky, Universidade de Houston e Universidade de Rhode Island, com suporte da NSF (sigla, em inglês, para Fundação Nacional de Ciência).

 

Mello, Alves, Raza, Dutra, Coelho, Sommer e Sinnecker, na Pannano 2020

(Crédito: arquivo pessoal)

 

Integração e parcerias

O objetivo dessa segunda edição da conferência foi integrar as comunidades de nanomateriais e nanodispositivos das Américas, na busca por novas parcerias e projetos conjuntos. O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) foi representado, na abertura, por Paulo César Rezende de Carvalho Alvim, secretário de empreendedorismo e inovação.

Nos três dias do evento, centenas de trabalhos foram apresentados, abrangendo os seguintes temas: i) interações químicas e biológicas na escala nano; ii) intensificação de processos e manufatura na escala nano; iii) nanodispositivos, nanossensores e modelagem teórica de nanossistemas; iv) meio ambiente, sustentabilidade e educação; v) inovação e empreendedorismo.

Apesar dos receios provocados pelo coronavírus, a conferência teve excelente participação das comunidades de nanotecnologia das Américas.

 

Rubem Luis Sommer

Pesquisador titular

CBPF

 

Mais informações:

Pannano: http://www.pannano.org

Labnano/CBPF: https://portal.cbpf.br/pt-br/lamp/labnano

registrado em:
Fim do conteúdo da página