Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

O Prêmio Nobel em Física de 2020: iluminando o que é impossível de iluminar

Publicado: Quarta, 21 de Outubro de 2020, 13h58 | Última atualização em Terça, 27 de Outubro de 2020, 19h54 | Acessos: 219

Nelson Pinto Neto, Pesquisador Titular III do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), é o terceiro convidado dos Colóquios Científicos, série organizada em parceria entre o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) e o Instituto da Metrópole.

O evento acontece de forma virtual, com transmissão ao vivo pelo canal do CBPF no Youtube. 

 

 

 

Sobre o tema

Embora isso não seja dito explicitamente, o prêmio Nobel de 2020 foi concedido a cientistas que contribuíram decisivamente para o entendimento de que buracos negros, essas entidades enigmáticas tão difundidas no imaginário popular, são objetos reais que efetivamente povoam o nosso Universo. Nesse colóquio, vamos discutir as propriedades intrigantes desses objetos misteriosos, com ênfase naquele que se situa no centro da nossa galáxia, e como o trabalho árduo, inventivo e persistente, tanto teórico quanto observacional, dos cientistas laureados nos conduziram a essa conclusão intrigante.

 

Sobre o palestrante

Nelson Pinto Neto possui graduação em Física pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1980), mestrado (1983) e doutorado (1989) em Física pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, estágios de doutorado com o Grupo de Astrofísica do Fermi National Accelerator Laboratory (Fermilab), Batavia, EUA (1985, 1987), e pós-doutorado na Université Pierre et Marie Curie, em colaboração com Thibault Damour (1992-1994). Foi professor de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro de 1986 a 1988, e atualmente é Pesquisador Titular III do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), e pesquisador IB do CNPq. Foi Coordenador da Coordenação de Cosmologia Relatividade e Astrofísica do CBPF entre 2009 e 2013, e desde de 2017 é Coordenador da Coordenação de Cosmologia, Astrofísica e Interações Fundamentais do CBPF. Tem atuação nas áreas de Relatividade Geral, Cosmologia e Teoria Quântica de Campos, com liderança e colaborações internacionais nas investigações sobre efeitos quânticos no Universo primordial, suas consequências observacionais, e seu impacto sobre os fundamentos da teoria quântica, tendo um livro publicado sobre esse assunto. 

Organizou 25 eventos nacionais e internacionais, 8 deles como organizador principal, e na formação de pessoal orientou 16 mestres e 17 doutores, além de ministrar regularmente curso noturno de Física em pré-vestibular comunitário.

 

COLÓQUIOS CIENTÍFICOS
Palestrante: Nelson Pinto, físico
Tema: O Prêmio Nobel em Física de 2020: iluminando o que é impossível de iluminar
Dia: terça-feira, 27 de outubro
Horário: 17h
Local: canal do CBPF no Youtube: www.youtube.com/CBPFvideos

 
 
 
registrado em:
Fim do conteúdo da página