Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

ABC publica obituário de Roberto Salmeron

  • Publicado: Quinta, 18 de Junho de 2020, 16h21
  • Última atualização em Sexta, 19 de Junho de 2020, 12h35
  • Acessos: 344

A diretoria da Academia Brasileira de Ciências (ABC) publica obituário – em colaboração com Ronald Shellard, diretor do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, no Rio de Janeiro (RJ) – do físico experimental brasileiro Roberto Salmeron (1922-2020), falecido ontem, na França, onde morava. Salmeron, membro titular da ABC, teve papel de destaque na construção da comunidade de pesquisa em altas energias do Brasil.

A seguir, reproduzimos a íntegra do texto.

 

A Diretoria da Academia Brasileira de Ciências lamenta informar que faleceu, no dia 17 de junho de 2020, seu membro titular Roberto Aureliano Salmeron, em Paris, França.

Roberto Salmeron nasceu em 16 de junho de 1922, em São Paulo, tendo se formado em engenharia elétrica, pela Universidade de São Paulo (USP). Ele foi um dos fundadores do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), em 1949. Trabalhou na área de raios cósmicos, no início de sua carreira, sob a influência Gleb Wataghin e Giuseppe Occhialini. Fez parte de uma geração que contou com outros físicos ilustres, como Marcelo Damy, Oscar Sala, Cesar Lattes, entre outros. Foi para o Reino Unido, para a Universidade de Manchester, onde defendeu sua tese de doutorado em 1955, sob a orientação de Patrick Blackett, já ganhador do prêmio Nobel de Física.

Foi trabalhar no então Conselho Europeu para a Pesquisa Nuclear (CERN, na sigla em inglês), no início da história daquela instituição, onde ficou até 1963, quando aceitou participar da organização do Departamento de Física da nova Universidade de Brasília (UnB), num projeto inovador.

Este projeto foi frustrado pelo golpe militar de 1964, e, em 1965, ele demitiu-se da UnB, em solidariedade a outras duas centenas de colegas das diferentes áreas acadêmicas. Voltou para o CERN em 1966 e, logo em seguida, assumiu uma posição na Escola Politécnica, em Paris. Liderou vários experimentos no CERN, na área da física de partículas. Lá orientou várias teses de doutorado, dentre as quais a de José Mariano Gago, que foi mais tarde ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior em Portugal, por vários anos. No final dos anos 80 foi o incentivador e promotor da construção de um grupo experimental brasileiro, junto ao experimento DELPHI, no CERN, que hoje se expandiu para mais de duas centenas de cientistas brasileiros trabalhando naquele laboratório, em vários experimentos.

Ao longo dos anos Salmeron manteve estreito contato com a comunidade de física brasileira, visitando o país com frequência e, em particular, o CBPF, e teve papel decisivo na formulação e construção do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas, atuando como consultor do então Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT).

Foi agraciado com a Grã Cruz da Ordem do Mérito Nacional do Mérito Científico pelo Governo Brasileiro, em 1998, e recebeu o título de Diretor de Pesquisas Emérito do Centro Nacional de Pesquisas Científicas (CNRS, na sigla em francês).

A Diretoria da ABC expressa suas condolências à família do Prof. Salmeron, aos seus estudantes e colaboradores, e se junta ao pesar de toda comunidade científica brasileira pela perda de um colega que teve papel relevante na estruturação da comunidade atual de física no Brasil.

(Ascom ABC, com colaboração do Acadêmico Ronald Shellard)

 

[NOTA DA REDAÇÃO]. No endereço a seguir, estão, além de breve obituário, depoimentos de ex-orientados e atuais pesquisadores do Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas (LIP), em Portugal, país em que Salmeron teve papel relevante no estabelecimento de uma comunidade de física de partículas: https://www.lip.pt/?section=press&page=news-details&id=961&ref=homepage&lang=pt O CBPF e o LIP mantêm colaboração de longa data, por meio de experimentos, projetos de pesquisa e pós-graduandos. 

 

Mais informações:

Página do acadêmico: http://www.abc.org.br/membro/roberto-aureliano-salmeron/

Pesquisa Fapesp: https://revistapesquisa.fapesp.br/um-fisico-de-alta-energia/

ComCiência: http://www.comciencia.br/dossies-1-72/entrevistas/cosmicos/salmeron.htm

Ciência Hoje (perfil): https://bit.ly/3dfGVUe

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página