Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Comemoração Anual do CBPF é amanhã, dia 19, encerrando ano prolífico

  • Publicado: Terça, 18 de Dezembro de 2018, 10h42
  • Última atualização em Quarta, 19 de Dezembro de 2018, 14h24
  • Acessos: 928

Amanhã (19/12), acontece a 'Comemoração Anual do CBPF’, confraternização que marca o encerramento do ano no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro (RJ). A programação inclui homenagens, palestras variadas – do tema premiado pelo Nobel de Física deste ano ao empreendedorismo entre jovens cientistas – e a entrega do ‘Prêmio Melhor Tese do CBPF 2018’. A comemoração acontece no auditório Ministro João Alberto Lins de Barros, a partir das 13h45, com abertura feita pelo físico experimental e diretor do CBPF, Ronald Cintra Shellard.

O evento encerra um ano que, apesar das dificuldades, foi prolífico para a instituição. Destacaram-se avanços em pesquisas, bom número de publicações e citações, novos convênios, e esforço para alcançar o grande público por meio de projetos de divulgação científica. Vale destacar o evento que comemorou o centenário de José Leite Lopes (1918-2006) – um dos mais importantes físicos teóricos do Brasil e fundador do CBPF –, que contou com a presença de amigos, colegas e familiares e legou ao público uma exposição permanente sobre o homenageado, que ocupa a parede externa de um dos prédios do CBPF.

“Foi um bom ano”, resumiu Shellard. “Começamos 2018 na incerteza, com a perspectiva de poucos recursos. No entanto, com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações [MCTIC] e de emendas parlamentares, associadas a deputados que entendem o valor da ciência para o país, a comunidade do CBPF acreditou que as dificuldades poderiam ser vencidas. Ela propôs uma agenda e a realizou. Conseguimos um orçamento superior ao de anos passados, o que nos permitiu realizar muitos eventos, reuniões e atividades científicas. O número e o impacto das publicações científicas foram também muito bons. Enfim, foi um ano com uma grande variedade de atividades intelectualmente importantes”, completou o diretor.

O vice-diretor do CBPF, Márcio Portes de Albuquerque, ressaltou a transformação que se deu na área da divulgação científica. “Realizamos o Grafite da Ciência e revitalizamos a missão da Biblioteca, transformando-a em um espaço de cultura para a ciência e tecnologia. Vale também destacar o papel do CBPF na parceria com outras instituições e ressaltar outra revitalização importante: a do ponto de presença da RNP [Rede Nacional de Ensino e Pesquisa], que está sendo modernizado e reestruturado, para ser transformado em um centro de processamento e comunicação de dados para a ciência no Rio de Janeiro”.

“O CBPF este ano conseguiu bater o recorde de recursos externos para pesquisa, desenvolvimento e infraestrutura, por determinação do MCTIC por projetos que complementassem nosso orçamento”, disse Francisco Roberto Leonardo, coordenador de Administração do CBPF.

 

Pesquisa e convênios

A Coordenação de Matéria Condensada, Física Aplicada e Nanociência (Coman) realizou seu workshop anual no último mês de novembro. No evento, foi apresentado um levantamento revelando, por exemplo, bons números da coordenação: 166 trabalhos indexados pela Web of Science entre 2013-2018, os quais receberam mais de 1,3 mil citações.

Outro destaque foi a participação do CBPF no CTA (Rede de Telescópios Cherenkov), importante projeto internacional voltado para o estudo de astrofísica de altas energias e astropartículas. O sistema de alinhamento dos espelhos do recém-inaugurado primeiro telescópio dessa colaboração foi desenhado e teve seu primeiro protótipo construído no Laboratório Multiusuário de Instrumentação e Tecnologia Mecânica, do CBPF, sob coordenação do pesquisador associado do CBPF Ulisses Barres de Almeida.

O telescópio foi inaugurado em outubro, em La Palma, ilha do arquipélago das Canárias (Espanha), com participação do diretor do CBPF. 

 

 

Primeiro telescópio de grande porte do CTA

(Crédito: CBPF)

 

Este ano, comemorou-se os 30º aniversário da q-estatística (ou estatística de Tsallis). A teoria – formulada por Constantino Tsallis, pesquisador emérito do CBPF, em artigo com cerca de 4,5 mil citações – mostrou que continua rendendo novidades. Por exemplo, resultado publicado no periódico Physica A este ano, pelo próprio Tsallis e pelo físico indiano Debarshee Bagchi, delimitou os casos específicos nos quais essa teoria deve ser aplicada, diferenciando-a da estatística tradicional (ou estatística de Boltzmann-Gibbs).

A Rede Nacional de Física de Altas Energias (Renafae) completou 10 anos e aproveitou a oportunidade para fazer um balanço dessa primeira década, bem como discutir e planejar o futuro da física de partículas no Brasil, em encontro que ocorreu nos dias 30 e 31 de julho, no Instituto de Física da Universidade de São Paulo.

No campo das parcerias, destacaram-se os convênios firmados com a Petrobras para projetos de pesquisa, desenvolvimento e infraestrutura, para vencer desafios tecnológicos da exploração do chamado Pré-sal. Os projetos contemplados abordam temas como ressonância magnética nuclear, processamento de imagens e inteligência artificial, totalizando cerca de R$ 13 milhões.

 

Novos públicos

O ano foi marcado por esforços do CBPF para levar o tema ‘ciência, tecnologia e inovação’ ao grande público. Inaugurado em junho último, o Grafite da Ciência coloriu o muro do CBPF, mobilizou a comunidade local, acadêmicos, estudantes e fez sucesso nas mídias sociais, por ser uma forma inovadora de disseminar conhecimento.

Considerado o maior grafite exclusivamente dedicado à ciência do mundo, a confecção do mural foi feita pela artista Gabriela Tores e contou com apoio das seguintes instituições: Innovation Norway, da Noruega; Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), da França; Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Computação Científica (FACC); e as empresas Angular Tecnologias, de São Carlos (SP), e Hinaje Filmes, do Rio de Janeiro.

 

Totalidade da extensão do ‘Grafite da Ciência’ representada nas três fileiras da imagem

(Crédito: Luiz Baltar)

 

 Campanha e hackatons

Dando continuidade a iniciativas bem-sucedidas iniciadas em 2017, o CBPF lançou campanha para sensibilizar a classe política sobre a importância do investimento em ciência e tecnologia para o desenvolvimento do país. Com o mote ‘Infraestrutura para as Unidades de Pesquisa’, a campanha gerou uma logomarca única para uso nas diferentes UPs ligadas ao MCTIC e ajudou a pautar a mídia nacional na discussão do tema.

 

Logomarca da campanha sobre a importância da UPs

(Crédito: Henrique Viviane/Ampersand)

 

O CBPF também sediou diversas palestras realizadas pelo Núcleo de Inovação Tecnológica das Unidades de Pesquisa do MCTIC no Rio de Janeiro (NIT-Rio), que trouxe especialistas do mundo corporativo para falar sobre empreendedorismo e inovação a jovens cientistas.

Entre os resultados da iniciativa, destaca-se o bom desempenho de pós-graduandos do CBPF em competições de desenvolvimento tecnológico – os chamados hackatons. A mestranda em física teórica Daniela Leite, por exemplo, integrou equipes premiadas em diferentes competições. Também foram destaque nos hackatons deste ano os seguintes pós-graduandos: João Ribeiro Medeiros, Josie Pereira e João Gabriel Alencar Caribé. Medeiros falará sobre essa experiência no evento de encerramento do ano.

 

Homenageado do ano

Outras duas boas notícias deste ano para o público interno e externo ao CBPF: i) a inauguração do ‘Espaço Ciência e Sociedade’, local de convivência na instituição (4º andar do edifício César Lattes) que, neste momento, exibe, até março que vem, uma exposição sobre Leite Lopes; ii) a revitalização da biblioteca, que passa agora a integrar o chamado NIB (Núcleo de Informação C&T e Biblioteca).

O grande homenageado do ano foi o físico José Leite Lopes, cujo centenário de nascimento se deu em 2018. Integrante do grupo de cientistas fundadores do CBPF e reconhecido internacionalmente por suas contribuições à física teórica, Leite Lopes foi o primeiro doutor formal em física do Brasil, e seu nome está ligado à fundação de outras importantes instituições ligadas à ciência no Brasil, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

 

 

Inauguração da exposição sobre Leite Lopes, no Espaço Ciência e Sociedade

(Crédito: jricardo/CBPF)

 

 

Homenageado do dia

O evento que encerra o ano terá programação diversificada. A primeira homenagem do dia será prestada a André Pinto, tecnologista pleno da instituição que faleceu em julho passado. Especialista em microscopia eletrônica, Pinto foi o responsável pela infraestrutura dessa área no Laboratório Multiusuário de Nanociência e Nanotecnologia (Labnano), do CBPF, tendo ajudado a formar uma geração de pesquisadores que dominam a técnica no país. A homenagem será feita pelo pesquisador titular do CBPF Rubem Sommer, coordenador do Labnano.

 

O tecnologista pleno André Pinto (1971-2018)

(Crédito: Arquivo pessoal)

 

O ‘Prêmio Melhor Tese do CBPF 2018’ ‒ a critério da Coordenação de Formação Científica ‒ vai para o trabalho do pós-graduando Fábio Lucio Alves, intitulado 'Busca por supersimetria em estados finais com jatos, MET e vértices secundários com o experimento CMS', orientado pelo pesquisador titular do CBPF Gilvan Alves e co-orientado pelo pesquisador adjunto Carsten Hensel.

A comissão que assessorou a direção do CBPF na Comemoração Anual ‒ reservada apenas para servidores, funcionários e convidados ‒ é formada pela chefe do Serviço de Gestão de Pessoas do CBPF Márcia Cristina Aguiar, os pesquisadores Tobias Micklitz, Felipe Tovar e André Massafferri, bem como os tecnologistas Herman Lima e Gabriel Azzi.

 Em seguida, convidados do CBPF e de outras instituições falarão sobre diversos temas, em palestras de 20 minutos. Haverá ainda homenagem aos servidores aposentados e aos que completaram 30 anos em atividade na casa. Uma confraternização encerrará o dia.

Confira a seguir os detalhes da programação.

 

 

 

Mais informações:

Workshop Anual da Coman: http://portal.cbpf.br/pt-br/ultimas-noticias/workshop-no-cbpf-relata-numeros-excelentes-sobre-o-desempenho-da-coman

Participação no CTA: http://portal.cbpf.br/pt-br/ultimas-noticias/primeiro-telescopio-do-cta-e-inaugurado-com-participacao-do-cbpf

Inauguração do Grafite da Ciência: http://portal.cbpf.br/pt-br/cbpf-news/cbpf-inaugura-nesta-sexta-o-maior-grafite-de-ciencia-do-mundo-2

Campanha Infraestrutura para as UPs: http://portal.cbpf.br/pt-br/ultimas-noticias/ups-do-mctic-sao-infraestrutura-para-o-desenvolvimento-humano-e-sustentavel

30 anos da estatística de Tsallis: http://portal.cbpf.br/pt-br/ultimas-noticias/no-30-aniversario-artigo-com-4-5-mil-citacoes-tem-mais-um-resultado-relevante

Renafae - 10 anos: http://portal.cbpf.br/pt-br/ultimas-noticias/em-seus-10-anos-de-vida-renafae-discute-o-futuro-da-fisica-de-altas-energias

Inauguração do NIB e Espaço Ciência e Sociedade: http://portal.cbpf.br/pt-br/ultimas-noticias/cbpf-inaugura-novo-espaco-de-convivencia-e-biblioteca-revitalizada

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página